skip to Main Content
(71) 3013-1312 contato@josiasgomes.com.br
Grandes Líderes Ficam Na História!

Grandes líderes ficam na História!

Em Cuba, no dia 16 de outubro de 1953, um jovem advogado, líder revolucionário, cometeu um dos maiores atos de coragem do século XX.
 
Depois de um assalto malsucedido ao quartel Moncada e cair nas garras da feroz ditadura de Fulgêncio Batista, o destemido cubano fez uma histórica autodefesa, finalizando o seu discurso com a célebre frase: “A História me absolverá”.
 
O nome do revolucionário cubano era Fidel Castro.
 
A História não somente absolveu como o tornou uma lenda da esquerda internacional.
 
Relembramos uma lenda, a injustiça e a ditadura arquitetada pelos EUA para destacar o crime continuado que estão cometendo contra Luís Inácio Lula da Silva, que enfrenta forças opressoras tão prostituídas e violentas quanto as de Fulgêncio Batista.
 
Seus inimigos não lhe dão um segundo de trégua. No entanto, Lula mantém o vigor de um jovem diante da perseguição, porque quem nasceu para revolucionar o mundo não envelhece.
 
Guardadas as devidas diferenças dos fatos históricos que envolvem os dois revolucionários, podemos dizer que Lula é mais “perigoso” e “subversivo” do que Fidel.
 
Depois de dois mandatos presidenciais e mais duas outras vitórias apoiando a presidenta Dilma, ele conseguiu feitos que levam as forças do atraso e do império norte-americano a considerá-lo um inimigo mortal.
 
Consequentemente, o ataque é mais brutal.
 
Fidel conseguiu fazer a sua autodefesa dentro do Hospital Civil Saturnino Lora, onde estava sob custódia, e confrontou a ditadura: “A Justiça devia estar muito doente para convocar os ilustres magistrados de tão alto tribunal para trabalhar em um quarto de hospital”, disse.
 
No Brasil, parte da Justiça está mais do que adoecida, encontra-se em fase de metástase.
 
Mesmo antes da #VazaJato, tínhamos plena convicção da inocência do presidente Lula.
 
Ele já falava que o Supremo estava acovardado, Sérgio Moro e Dallagnol eram mentirosos e estavam cometendo injustiça atrás de injustiça para obter seus fins pessoais e entreguistas.
 
Nunca duvidamos nem um segundo que Lula é um preso político e isso é o mesmo que aprisionar o próprio povo, para que os estrangeiros façam do Brasil o que bem entenderem.
 
Será coincidência que neste exato momento Sérgio Moro e Dallagnol estejam nos EUA?
 
A verdade é que os dois cachorros adestrados da CIA foram receber orientações para prosseguimento do golpe.
 
Para se ter uma ideia da obsessão da CIA sobre os seus golpes, Fidel Castro sofreu 638 tentativas de assassinato desta agência golpista.
 
Os norte-americanos estão instruindo toda essa situação!
 
O juiz Marreco e o procurador Power Point seguem Carmen Lúcia, presidenta da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), que de forma suspeita e covarde retirou da pauta desta terça-feira o julgamento de pedido de liberdade dos advogados do Lula.
 
O motivo? Conluio com toda essa podridão revelada pela #VazaJato, enquanto espera orientações para fundamentar mais uma mentira.
 
A ministra afronta a Justiça, a democracia e o povo brasileiro.
 
A Suprema Corte perdeu a oportunidade de resgatar o resto de dignidade que sobrou da Justiça.
 
Lula já desafiou toda Força Tarefa para fazer a sua autodefesa.
Só que esses melindrosos são mais covardes do que o ditador cubano Fulgêncio Batista.
 
Em carta histórica que endereçou ao companheiro Celso Amorim, Lula finaliza a sua mensagem de forma comovente e profunda:
 
“Tudo que espero, caro amigo, é que a justiça finalmente seja feita. Tudo o que quero é ter direito a um julgamento justo por um juiz imparcial, para poder demonstrar com fatos que sou inocente de tudo o que me acusaram. Quero ser julgado dentro do processo legal, com base em provas e não em convicções. Quero ser julgado pelas leis do meu país e não pelas manchetes dos jornais”.
 
A pergunta que faço todos os dias aqui onde estou é uma só: por que tanto medo da verdade?
 
A resposta não interessa apenas a mim, mas a todos que esperam por Justiça”.
 
A História não precisará absolver Lula.
 
Ele é a própria História!
 
Josias Gomes – Deputado Federal (licenciado) do PT/Bahia e atualmente titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).
 
Se concorda, compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top