skip to Main Content
(71) 3013-1312 contato@josiasgomes.com.br
Primeiro Aplicativo De Licitações Do Brasil é Lançado Na Bahia

Primeiro aplicativo de licitações do Brasil é lançado na Bahia

 Secretário Josias Gomes participou do evento, que reuniu cerca de 300 pessoas no Hotel Quality, em Salvador

O secretário Josias Gomes, gestor da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), participou nesta terça-feira (9) em Salvador, do lançamento do primeiro aplicativo de licitações do Brasil, o Solução Online de Licitação (SOL).

Lançado na Bahia pelo Governo do Estado, o sistema vai facilitar e agilizar o acesso de organizações produtivas da agricultura familiar baiana a fornecedores de bens, serviços e obras de todo o país. Também possibilitará a transparência em suas aquisições, gerar eficiência na gestão de recursos públicos, movimentar a economia local, e fortalecer a economia baiana.

O secretário Josias Gomes afirmou que o SOL é uma ferramenta que nasce para desburocratizar um setor fundamental, que é o da licitação.

“Estamos apresentando uma inovação no aspecto tecnológico, no sentido de dizer que é possível ampliar o leque de empresas que forneçam os seus produtos para a agricultura familiar. Cada vez que a gente proporciona condições para que a tecnologia esteja a serviço da agricultura familiar do Nordeste, nós vamos tirando a agricultura familiar do anonimato”, argumenta o titular da SDR.

Segundo ele, o SOL será utilizado por associações e cooperativas da agricultura familiar beneficiadas pelo Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) – empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

O aplicativo foi desenvolvido pelo Governo da Bahia, por meio do Bahia Produtiva, em parceria com o Projeto Governo Cidadão, executado pela Secretaria do Planejamento e das Finanças do Estado do Rio Grande do Norte, tendo o apoio do Banco Mundial. O aplicativo garante a integridade do processo licitatório.

A opção pela utilização da ferramenta blockchain – base de dados descentralizada – oferece confiabilidade ao código-fonte, os dados recebidos e as ações realizadas.

“Na infraestrutura, as informações gravadas são protegidas contra alterações. Isso se traduz em segurança e avanços nos processos de auditoria, pois o auditor responsável pela licitação é capaz de verificar com facilidade se os dados registrados são compatíveis com as transações realizadas pelas partes envolvidas”, afirma Eduardo Assis, diretor da Caiena Tecnologia e Design, empresa responsável pelo desenvolvimento do SOL.

Para o secretário  de Projetos e Metas de Governo do Rio Grande do Norte e Coordenador Geral do Projeto Governo Cidadão, Fernando Mineiro, o Nordeste e o Brasil vão ganhar muito com esse tipo de aplicativo, porque vai modernizar, facilitar, e dar transparência ao processo.

“Vai permitir também o avanço na concorrência e trazer a tecnologia para perto daquele que produz o alimento, que sustenta a população desta Nação”.

Cadastro de fornecedores – O SOL está disponível na Play Store e Apple Store. Fornecedores de todo o país podem baixar o aplicativo e se cadastrar, acessar as oportunidades em andamento e enviar suas propostas.

A previsão é que, a partir de dezembro deste ano, as associações e cooperativas da agricultura familiar contempladas com recursos do Bahia Produtiva realizem as compras de bens e serviços somente por meio do aplicativo.

Informações sobre o aplicativo estão disponíveis em www.sol.car.ba.gov.br.

Experiência aprovada – Com 216 famílias cooperadas, a Cooperativa de Jovens Produtores Rurais do município de Água Fria – instalada no Território Portal do Sertão – foi a primeira a utilizar o aplicativo SOL, em fase de teste.

A entidade foi contemplada pelo edital “Alianças Produtivas, do Bahia Produtiva, com investimentos que estão sendo aplicados para fortalecer a atividade de avicultura. Para o representante da cooperativa, Rafael Santos Borges, o sistema é ágil e eficiente.

“Compramos notebook, GPS e outros equipamentos em tempo recorde. O sistema responde automaticamente. A gente coloca a licitação e já vem tudo mastigado. Essa nova tecnologia que está chegando pra zona rural, principalmente pra agricultura familiar da Bahia, é coisa de primeiro mundo”, diz Rafael Borges.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top