skip to Main Content
Brasil Passa Vergonha Com Deslizes Do Bozo

Brasil passa vergonha com deslizes do Bozo

A obsessão do Vende-Pátria com a Venezuela fez o Brasil passar mais uma vergonha diplomática.

O Jair Mentira agradeceu ao povo venezuelano em pleno solo chileno na visita oficial ao país hermano.

O ódio raivoso do Bozo ao governo venezuelano é caso psiquiátrico.

Diante de uma mente doentia, se o Jair Mico pudesse exterminaria metade da população venezuelana.

Diplomacia é uma ciência inexistente no mundo dos ditadores.
Em contrapartida, o adorador de carrascos do povo elogia o sanguinário Augusto Pinochet, que privatizou o Chile e comandou uma ditadura massacrante de 1973 a 1990.

O líder da oposição do Senado chileno Jaime Quintana Leal recusou-se a encontrar com o “presideco” brasileiro e se posicionou:

“Não tem a ver com o cargo da Presidência, mas com a pessoa de Jair Bolsonaro e suas declarações homofóbicas, misóginas e em relação à tortura. Participar de uma atividade de homenagem a ele (Bolsonaro) atingiria muitas pessoas de nosso país que se sentem prejudicadas por suas declarações”.

Bolsonaro sofreu forte rejeição da população chilena, que o considerou ‘Persona Non Grata’.

O povo saiu às ruas e protestou contra o filhote de milico, defensor de pautas reacionárias e ultrapassadas.

Não sou vidente, mas pela minha experiência política, a forte oposição interna e internacional a este desgoverno fará o bobo da corte chegar ao final do seu mandato tão desprivilegiado e com as máscaras abaixo do chão que, depois, será apenas uma lamentável mancha na história do Brasil.

Será o sepultamento da extrema-direita neste país.

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top