skip to Main Content
(71) 3013-1312 contato@josiasgomes.com.br
Mártir Brasileiro!

Mártir brasileiro!

São 500 dias que refletem 500 anos de atraso.

5 séculos que tentam aprisionar o povo, as suas lideranças ou qualquer ato que justifique progresso, palavra aprisionada em nossa bandeira.

Lula é o símbolo desta caminhada secular.

Melhor do que ninguém, Lula tem a sina dos índios, é o eterno retirante dentro das suas próprias terras.

Lula carrega em si o banzo dos africanos, a saudade da pátria materna.

Lula da Silva é o operário marcado, ferido de trabalho, incomoda os donos do capital. “Para que tantos direitos?”.

Lula, o enlutado, homem apartado das mulheres da sua vida. Marisa vive nas mulheres livres desse país.

Prender Lula é uma maneira sorrateira de dizer a esta gente brasileira que elas devem voltar para os seus desertos, alagados, senzalas, porões, fuga constante.

No país de ditadores, os crápulas não aceitam povo com voz. Eles insistem em repetir: o Brasil tem dono e o patrão fala inglês.

Por lutar contra este submundo egoísta, eurocêntrico, colonialista e norte-americano, Lula enfrenta a inquisição!

E luta de cabeça erguida, como ele mesmo diz: “Fico preso 100 anos. Mas não troco a minha dignidade pela minha liberdade”.

O companheiro Lula está preso fisicamente, no entanto as suas ideias estão nas mentes e corações de milhões de brasileiros.

O seu ar vem da nossa liberdade, o seu alimento, vem da nossa luta e a sua esperança vem da fé na vitória construída pelo próprio povo.

Lula jamais estará sozinho, este é o seu maior triunfo.

Vamos juntos, batalhar pela liberdade do nosso eterno presidente e líder.

Apenas o povo unido tem força suficiente para mudar a correnteza do rio.

#ExigimosLulaLivre

Josias Gomes – Deputado Federal (licenciado) do PT/Bahia e atualmente titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Se concorda, compartilhe!

#josiasgomes #lulalivre #500diasdeinjustiça #povobraseiro #luta#resistencia #democracia #lula #exigimoslulalivre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top