skip to Main Content
Feira Baiana Da Agricultura Familiar Foi Sucesso E Teve Recorde De Público

Feira Baiana da Agricultura Familiar foi sucesso e teve recorde de público

Feira Baiana da Agricultura Familiar foi sucesso e teve recorde de público

A 10ª edição da Feira Baiana de Agricultura Familiar e Economia Solidária foi um sucesso e teve recorde de público gerando mais renda para o interior da Bahia. O evento realizado durante a Fenagro, no Parque de Exposições de Salvador, terminou neste domingo (01), com a soma de milhares de visitantes, que puderam ver a força produtiva da agricultura familiar baiano.

A feira reuniu cerca de 400 associações e cooperativas que tiveram oportunidade de comercializar cerca de três mil produtos dos 27 Territórios de Identidade, em armazéns e nas praças Gastronômica, de Artesanato, Quilombolas e Indígenas.

Este ano, além dos produtos já conhecidos, como as cervejas artesanais de umbu e de licuri, linguiça de tilápia,  iogurte de café, umbu e licuri e licuri caramelizado, a feira trouxe novidades como a  cerveja de maracujá da Caatinga, iogurte de abacaxi, cosméticos feito à base de mel, drinks de café, chopp de licuri, de cupuaçu e de mel de cacau, barras de chocolate com pimenta, gengibre e muito mais.

Para o titular da SDR, Josias Gomes, a positividade da feira decorreu de todo um processo organizativo de todas as unidades da SDR, que se envolveram nos últimos meses.

“O propósito foi marcar esses 10 anos de feira para que possamos dar um salto de qualidade nos produtos da agricultura familiar. A feira permitiu que os soteropolitanos pudessem ver os alimentos de qualidade produzidos. Agora vamos continuar trabalhando na renda e produtividade da agricultura familiar para que a gente consiga uma profissionalização do segmento”, destaca Josias Gomes.

Um dos lançamentos de produto desta edição foi a Maratinga, cerveja de maracujá da Caatinga, também em chopp, produzida pela Cooperativa de Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), do Território Sertão do São Francisco. Durante os 9 dias de evento, foram vendidas 1.200 garrafas da cerveja e consumidos mil litros do chopp.

Para o representante da Coopercuc, Emanuel Messias, a Feira Baiana da Agricultura Familiar tem proporcionado grandes avanços para a agricultura familiar, a cada ano com mais força novos produtos vêm buscando inovações e conquistando cada vez mais espaço.

“Uma primeira perspectiva tem se tornado a cada ano uma vitrine para o lançamento de produtos e para ganhar cada vez mais visibilidade. Este ano, a Maratinga foi uma estratégia acertada, que pegou no gosto dos baianos. Participamos de diversas conversas com compradores e futuros parcerias comerciais, sendo destaque a reunião com a rede Cesta do Povo, que contará com um mix dos produtos Gravetero, marca da Coopercuc”.

O superintendente da Agricultura Familiar (Suaf), da SDR, Ademilson Rocha (Tiziu), afirmou que a Feira foi um sucesso total em todos os aspectos: “Tivemos os armazéns, artesanato, balcão tecnológicos, atividades formativas, Praça gastronômica, a Cozinha Show, atrações culturais. O sorriso está no rosto das pessoas que visitaram e também das que participaram das atividades. Nosso evento foi brilhante, lindo, grandioso, do tamanho que a agricultura familiar da Bahia merece”.

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top