skip to Main Content
Novo Ministro Já Começou Errando

Novo Ministro Já começou errando

Senhor Ministro Abraham Weintraub
 
Exigimos respeito ao Nordeste e ao livre arbítrio dos nossos aguerridos estudantes.
 
Não admitimos retrocessos.
 
Somos um povo revolucionário ontem e hoje.
 
Basta lembrar de diversas revoluções que ocorreram na região.
Como a Conjuração Baiana (Revolta dos Búzios), a expulsão dos Holandeses; Guerra de Canudos, as Ligas Camponesas, Revolução Praieira, Quilombolas, Revolta dos Malês, e tantas outras.
 
O novo ministro deve imaginar que Sociologia e Filosofia fazem dos Nordestinos um povo “indomesticável”.
 
Afirmamos que sim. O conhecimento realmente é libertador, seja nos cursos de humanas ou qualquer outra área de conhecimento.
 
Parece que o novo burro da corte leu e não compreendeu a importância destas duas áreas para a educação e o desenvolvimento de toda civilização.
 
Como o senhor comete o estelionato intelectual de supor que cursos da magnitude de Sociologia e Filosofia podem ser substituídos?
 
Não abrimos mão dos nossos jovens terem o direito de estudar o curso que desejar.
 
O Estado pode até apontar caminhos, mas cabe ao Estado manter a pluralidade de ideias e oportunidades para todos, como bem fez o companheiro Haddad.
 
Senhor Abraham Weintraub, não me venha com ideias tapadas e colonialistas, porque aqui no Nordeste nós sabemos como expulsar os opressores.
 
Sobretudo, se o intruso tiver o propósito de atingir a nossa sagrada Educação.
 
Nesta terra que nos deu Paulo Freire e Milton Santos, não admitimos pensamentos Olavistas.
 
Já começou mal.
 
“O povo que subjuga outro forja suas próprias cadeias” – Karl Marx
This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top