skip to Main Content
Cresce O Extermínio De Jovens Negros!

Cresce o extermínio de jovens negros!

A pesquisa realizada pela Fundação Abrinq confirmou o genocídio praticado contra jovens negros no Brasil.

Os dados analisados são de 1997 até 2017, e os números são aterrorizadores.

Nas últimas duas décadas, o número de jovens negros assassinados disparou e atingiu 429%.

Historicamente, o Brasil tem laços indissociáveis com a escravidão: foram mais de 300 anos de exploração e fomos o último país do continente a conceder “liberdade” aos negros.

Depois deste período desumano, os negros foram marginalizados pelo Estado e até hoje sofrem as consequências escravistas.

No Brasil pós-monarquia, tivemos inúmeros regimes ditatórios que estabeleceram o extermínio do povo negro como fácil solução para os problemas de segurança pública.

O mais chocante é que mesmo pós-redemocratização a violência e o sangue derramado tem a mesma origem.

Mesmo em pleno século XXI, a elite combate as políticas públicas de inserção do povo negro nas universidades, concursos públicos, educação de qualidade e a necessidade de uma série de ações socioeconômicas que possam amenizar os estragos ao longo dos séculos e possam apontar um novo horizonte para juventude negra.

A crescente matança indiscriminada dos jovens negros neste país é o retrato do Brasil do atraso.

Infelizmente, atravessamos um período de trevas, onde o presidente da República dissemina o discurso Fascista e agrava a situação dos jovens negros e periféricos.

Precisamos nos unir em torno desta causa, pois já atingimos a barbárie.

Josias Gomes – Deputado Federal (licenciado) do PT/Bahia e atualmente titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Se concorda, compartilhe!

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top